terça-feira, 28 de janeiro de 2014

OS PERGIGOS DO JULGAMENTO

“Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós”. – Mateus 7:1-2.

É um costume muito comum entre as pessoas o julgamento precipitado. Analisamos a vida dos outros segundo padrões de comportamento, estética e conhecimento que pensamos ser ideias para todos os homens, fazendo assim comparações e críticas ao que consideramos “fora da nossa normalidade”.

Contudo, a Palavra de Deus é bem clara quando se refere a esse assunto. O Senhor Jesus disse: “não julgueis, para que não sejais julgados” Mateus 7:1  e o apóstolo Paulo, quando escrevia a carta aos Romanos, no capítulo 14, declarou que haveriam diferenças entre as pessoas, mas isto não era motivo para que um irmão julgasse o outro pelos seus próprios padrões: “Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come, não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu, que julgas o servo alheio? Para seu próprio Senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar” Romanos 14:2-4.

Existem milhares e mais milhares de diferenças entre as minhas percepções e maneira de enxergar certas áreas da vida e entre as SUAS percepções e maneira de ver a vida! Um verdadeiro cristão não se apegará a essas diferenças, mas naquilo em que há igualdade: buscamos ao mesmo Cristo? Vivemos a mesma Fé? Temos o mesmo Amor? Fazemos parte da Igreja de Cristo? E queremos que mais pessoas sejam Salvas?

Se a resposta for SIM a todas estas perguntas, saiba, independente da sua denominação evangélica, és meu Irmão, Amigo e Cooperador. O restante, são meros detalhes…
Que Deus os abençoe em Nome de Jesus Cristo!
FONTE: http://vozdapalavra.webnode.com.br/news/os-perigos-do-julgamento/

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

A PRISÃO DA ILUSÃO


Aprecio figuras que geram ilusão de ótica, geralmente imagens que quando intercaladas nos dão a impressão de movimento ou figuras pintadas de forma a parecer duas ou mais imagens dentro de uma só. Mas isso são apenas jogos visuais que não nos levam ao engano e nem nos mantém presos.
Veja a definição de ilusão:
Engano dos sentidos, do espírito ou pensamento que faz tomar a aparência pela realidade. Coisa que não tem existência real, apenas ideal. Devaneios, fantasia, imaginação. A ilusão é também chamada de utopia: uma esperança irrealizável, local ou situação onde tudo é perfeito.
Se iludir com uma situação, com sentimentos, com alguém é sempre algo que traz consequências terríveis, a fase final da ilusão é a desilusão (decepção, desapontamento, desengano). O pior da ilusão é a prisão, você pode ser livre de grades e estar preso pelas paredes do pensamento.
A ILUSÃO PELA APARÊNCIA
“Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. “ 1 Samuel 16:7

Há um ditado que diz “não julgue o livro pela capa”, mas parece não adiantar, pois ao ver capas tão atraentes os leitores julgam que o conteúdo será ainda melhor. Sabendo disso, publicitários criam cada vez mais embalagens atraentes para produtos não tão atraentes assim, alguns até mesmo sem qualidade, mas que são escolhidos no momento da compra pela embalagem que encanta os olhos. Uma embalagem bonita para um produto ruim.
Julgar uma pessoa pela aparência é algo extremamente comum. O bem vestido, elegante nem sempre é rico e o vestido de forma mais simples nem sempre é o pobre. O de boas palavras, conversa fácil e brincalhão nem sempre é boa pessoa e o quieto nem sempre é o antipático. A linda pode ser só linda, mas não limpa, quando digo limpa me refiro às intenções do coração.  A marca de uma roupa, um perfume caro, um sapato de grife podem impressionar e enganar a muitos, mas não impressiona a Deus. O que impressiona a Deus é um coração quebrantado.
Samuel ao ungir o novo rei começou a julgar os filhos de Jessé pela aparência, mas Deus o advertiu de que o mais importante é o coração. A aparência causa ilusão aos olhos humanos, levando a crer que uma pessoa é de certa forma quando na verdade é de outra bem diferente.
Deus mandou Samuel ungir aquele que era desprezado por seus irmãos, o menor de sua casa. Um pastor de ovelhas que aos olhos de muitos não teria grande futuro, continuaria ali atrás das ovelhas malhadas, grande ilusão. O rapaz tinha a aparência de um pastor e o coração de um rei.
Às vezes você olha para uma pessoa e ela está sorrindo, brincando e cantando, mas por dentro está chorando. A aparência mostra felicidade enquanto o coração revela a tristeza que só Deus vê.
Enquanto você estiver preso à ilusão que a aparência de uma pessoa lhe causa, deixará de conhecer quem realmente essa pessoa é. Pessoas enganam pessoas, mas não podem enganar a Deus.
A ILUSÃO DOS SENTIMENTOS
 Há os que se prendem à sentimentos, criam uma ilusão com alguém e algumas vezes o outro alimenta essa ilusão conscientemente. Por exemplo, se um rapaz olha para uma moça ela irá pensar que ele se interessou por ela. Se ele não a olha mais, aquilo acaba ali. Caso contrário, se os olhares continuam de forma insistente por dias, meses, e ele demonstra de várias maneiras estar interessado nela, então ela cria toda uma história mental sobre uma possível relação, sobre as coisas que gostaria de fazer, os presentes que deseja dar; toda uma ilusão à respeito disso. Nada acontece e o suposto interesse do rapaz permanece, ela então passa a ter sentimentos por ele e ele a alimenta com olhares e atitudes. Isso é ilusão, pois nada aconteceu e a pessoa se prende a ideia do que pode vir a acontecer, pois é alimentada na ilusão e não na realidade. O problema desse tipo de ilusão é o desejo de que em algum momento o que acontece apenas na imaginação se torne realidade. Nesse caso o que prende uma pessoa à esse tipo de ilusão não é o sentimento que mantém pelo outro, mas sim a ilusão de que o outro nutre algum sentimento por ela. Quando se constrói castelos em nuvens não se deve tentar morar neles.
Talvez a liberdade e a felicidade dentro do ilusório satisfaçam o indivíduo que não percebe que enquanto vive a fantasia perde a chance de viver o real, que embora possa não ser perfeito é onde há vida e movimento.
Enquanto a pessoa iludida não aceitar a realidade ela estará em desequilíbrio, pois entrar e sair de um mundo imaginário poderá causar até mesmo reações físicas e psicológicas, gerando traumas que só a mão de Deus pode curar. O mais difícil da prisão sentimental é que você pode entrar e sair da ilusão mentalmente mas não sentimentalmente, mesmo no real o sentimento permanece. Ilusão não é amor, castelos de areia são desfeitos pelo vento.
A bíblia diz que o amor dentre outras coisas não é leviano, ou seja, não é imprudente e insensato. Se alguém está sendo insensato em lhe alimentar sentimentos que não tem pretensão de ter com você, então não é amor.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7

A ILUSÃO DO VÍCIO
Há um trecho de uma música que diz assim: “Confortável ilusão, parece a liberdade e na verdade é uma prisão.”
Pois bem, qualquer forma de fugir da realidade demonstra uma deficiência em lidar com os problemas. A ilusão funciona como um anestésico, uma válvula de escape para que a pessoa passe por algo que a incomoda. Por isso em meio a crises, muitos procuram o álcool, cigarro e as drogas. Tudo isso gera uma ilusão, as drogas enquanto no auge de seu efeito, fazem a pessoa se sentir livre, corajosa para fazer o que não faria normalmente. O mesmo acontece com o álcool. Só que o efeito de tudo isso é passageiro, passa mais rápido que a situação enfrentada e o que acontece? A pessoa sente que precisa de mais um pouco e mais uma dose e quando percebe está presa a ideia de que necessita disso para viver feliz. Uma felicidade que não existe nem para a pessoa e nem para os seus familiares. Uma decadência fatal, uma dependência mortal de uma ilusão cujo efeito mental dura pouco e físico permanece destruindo o corpo lentamente.
Jovens de quatorze, quinze anos vão parar nas emergências de hospitais em coma alcoólico porque acreditaram na ilusão de que a bebida lhe traria status, lhe faria parecer descolado, parte de um grupo.
O Senhor nos fala para não nos deixarmos dominar por nada, então cuidado com a ilusão do pecado. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará - João 8:32
CONCLUSÃO:
Tudo que lhe traz ilusão é uma mentira. Não acredite em seus olhos, muitas situações que você tem passado não são o que parecem. O problema gera a ilusão de uma possível destruição, mas creia que você tem um Deus que está acima dos problemas e se o monte não sair de sua frente, Ele lhe dará asas para voar. A ilusão pode gerar um bem estar momentâneo, mas não verdadeiro.
Sonhar, planejar e esperar em Deus, não é ilusão. Lembre-se só porque seus olhos não podem ver, não quer dizer que não seja real. Você não vê uma semente plantada enquanto está embaixo da terra, mas ela está lá aguardando o tempo certo de germinar. Você não vê as estrelas e os planetas a olho nu, mas eles existem, são reais.
Você não vê a Deus, mas pode senti-lo e pode ver o que Ele faz em sua vida. Você dormiu e acordou porque o Senhor te sustentou, Ele é real, o resto é ilusão.
Ana Lucia Salles
FONTE: http://estudos.gospelmais.com.br/prisao-ilusao.html

sábado, 25 de janeiro de 2014

A SOLUÇÃO PARA UMA SOCIEDADE EM CRISE


A vida está uma loucura, para alguns, totalmente desenfreada. Sintomas de uma época e de uma sociedade em crise. Crise, mas de que tipo? Seria apenas a econômico - financeira? Não, várias crises estão nesse bojo. Mas, para todas elas, existe uma resposta disponível e uma remédio eficaz para superá-la. Convidamos você a nos acompanhar em nossa reflexão sobre esse atual e palpitante tema.
É fato: hoje, temos pouco tempo para uma simples conversa saudável e informal, e nos deparemos com o pouco apreço pelos valores alheios e falta de respeito com o semelhante. Estamos cada vez mais desconfiados e somos obrigados a suportar relacionamentos superficiais com pessoas supérfluas. Estamos nos alimentando de qualquer bobagem que a mídia nos enfia goela abaixo, e ainda achamos graça daquilo que é imoral.
E, para piorar esse estado de coisas, já estamos acostumados, alguns até mesmo sedentos, com os noticiários que jorram sangue na tela. Não obstante, a luta pela sobrevivência e as ambições pessoais criaram formas de ganho que, muitas vezes, despreza todo e qualquer respeito à legalidade, lealdade e boa-fé, em flagrante prejuízo ao país e aqueles que ainda prezam e respeitam as leis, à moral e a ética.
Antigamente, quando alguém achava uma carteira ou bolsa com dinheiro, devolvê-la era obrigação, era o padrão. Hoje, tal pessoa que age assim é taxada de “otária, babaca”. Para alguns, o padrão passou a ser não a devolução de carteira com dinheiro, mas esconder dinheiro em cueca, meias e, pasmem!, até mesmo na Bíblia. E assim caminha a humanidade… de mal a pior.
Quais as razões ou causas que poderão justificar a crise em que nossa sociedade está, atualmente, imersa? Vivemos tempos difíceis. Vivemos em uma sociedade submersa em crises, e são tantas crises que, só de pensar, entramos em… crise.
A maior das ironias: Nunca houve uma sociedade tão desenvolvida e com tanto acesso a informações e recursos tecnológicos e, ao mesmo tempo, tão pobre, carente e doente.
Por tudo isto, vivemos a era das CRISES: crise de valores, crise financeira, crise moral, crise religiosa, crise do judiciário, crise conjugal, crise de identidade, crise política, crise educacional e tantas outras. Trata-se de um problema social crônico! Salvo raríssimas exceções, as pessoas, independentemente da sua posição social, estão com problemas na alma, feridas emocionais abertas ou enfrentando sérios problemas familiares.
Sobra violência e falta temor a Deus. Estamos vivendo em uma sociedade desigual e degradante. A discórdia e o terror são diariamente semeados e, muitas vezes, sentimo-nos como se não houvesse uma saída, uma luz no fim do túnel.
Dificuldades - desespero
Uma nação sem o temor de DEUS é entregue ao domínio do opressor. “Por que razão me mostras a iniquidade, e me fazes ver a opressão? Pois que a destruição e a violência estão diante de mim, havendo também quem suscite a contenda e o litígio.” Habacuque 1.3
Como construir uma sociedade mais equilibrada?

Esse questionamento é feito diariamente por centenas e até milhares de pessoas, e não foram poucas as vezes em que grupos religiosos ou políticos se reuniram para encontrar uma resposta em comum, mas nunca obtiveram êxito. E por que não? Ora, trata-se de um assunto que envolve muitas variáveis, sendo algumas delas altamente conflitantes e que, além do mais, contrariam interesses de grupos poderosos. Então, qual seria a saída?
A Bíblia deveria ser o manual não só de fé, como também de prática para uma sociedade mais justa e equilibrada. Se desde os primórdios, tivéssemos seguido as Leis de Deus em sua integralidade, não viveríamos sob um judiciário impotente ou corrompido:
“Por isso a lei se enfraquece e a justiça nunca prevalece. Os ímpios prejudicam os justos, e assim a justiça é pervertida.” Habacuque 1.4
Pacificador-crise
É preciso olhar no retrovisor da história para entendermos melhor o presente. Os tempos mudaram, mas o homem ainda é o mesmo. E nossa natureza decaída (usando um termo teológico) continua tendenciosa para o mal: somos movidos pelas mesmas ambições, pecados, desejos egoístas e loucuras. Nessa avalanche de crises, podemos constatar que a solução para a decadência moral e espiritual encontra-se nos 10 mandamentos, que são mais atuais que pensamos. Ou a sociedade muda seu estilo de vida, ou continuaremos vivendo tempos cada vez mais difíceis. Sim, ao que tudo nos leva a crer, há coisa ainda pior vindo pela frente.
Os dez mandamentos são a síntese da Lei de DEUS ( Êxodo 20:1-17). Extremamente negligenciados e desprezados na atualidade, neste mundo avesso a tudo aquilo que pertence a Deus, seu cumprimento nos pouparia de problemas pessoais e conflitos mundiais. Inclusive, podemos dizer que o Decálogo é base de boa parte de regras áureas de convivência. Quando Jesus os “resumiu” em Amarás a Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo, Ele nos deu a dica de uma vida mais saudável, satisfeita e feliz.
Crise-leis-divinas
Aquele que se esquece da Lei do Senhor sofre em dobro. O Senhor sabia que nosso relacionamento com o próximo só melhoraria com a hipótese de desenvolvermos antes um relacionamento com o próprio Deus. Ou seja, além da questão da essência do que fazer, temos a questão da prioridade: o que fazer primeiro, para obter um melhor resultado. Com efeito, os dez mandamentos se dividem em duas categorias principais:
1) Os primeiros 4 mandamentos definem nosso relacionamento com Deus. Indica que fomos criados para adorar ao Senhor. Nada pode ser mais importante que Deus em nossas vidas e nem substituir o reinado de Jesus em nossos corações. Nada deve substituir nosso tempo a sós com DEUS!
Como juiz da terra o Senhor merece reverência. Como Rei, é digno de toda nossa honra. No entanto, nossa cultura está permeada de flagrante desrespeito a Deus, e Seu nome é usado de forma banal e ofensiva por muitos.
Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos. Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.
Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o SENHOR o dia do sábado, e o santificou
2) E os últimos seis definem nosso relacionamento com as outras pessoas: protegem os laços familiares e as relações sociais, tais como o que prescreve que filhos devem respeitar os pais, o que condena as relações extraconjugais, abusos sexuais, e os que reprovam velhos conhecidos nossos como a cobiça, o furto e o engano.
Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que SENHOR teu Deus te dá. Não matarás. Não adulterarás. Não furtarás. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.”
Nos dez mandamentos encontramos a solução para uma sociedade violenta, a solução para corrupção, a solução para a mentira, enfim, a solução para uma sociedade descontente e insatisfeita. Deus sempre soube que só viveríamos em harmonia e paz se desenvolvêssemos um relacionamento pessoal com Ele. Tudo isso, como intuito de nos beneficiar! São ordens para a preservação de nossa qualidade de vida! E ouso ir além: não apenas de nosso bem-estar, mas de nossa sobrevivência coletiva!
Descanso-repouso
A Palavra de Deus tem as respostas para suas crises: Em Cristo, somos mais que vencedores! Um breve olhar sobre os dez mandamentos nos ajuda a entender porque a Bíblia são fundamentos indispensáveis. Decerto, é o remédio para a nossa nação!
“A lei moral contida nos dez mandamentos… não foi cancelada por ELE (Cristo)… Cada parte dessa lei deve permanecer irredutível para toda a humanidade em todas as eras”, John Wesley (veja outras frases de Wesley aqui, como aquela famosa: “coloque fogo no seu sermão ou coloque seu sermão no fogo”).
Os 10 Mandamentos devem ser lidos em seu contexto espiritual, moral, histórico e redentor a fim de que possamos alcançar o Amor, Graça e a Misericórdia de Jesus Cristo. A meu ver, Deus escreveu os mandamentos em duas pedras para indicar que Sua lei não muda (veja Salmo 19.7)! E escrevo naquEle que não aponta para as crises mas, ao contrário, aponta para Aquele que é a solução das crises: Cristo!
FONTE: www.wallysou.com

autoria: Raíssa Bomtempo com Wallace Sousa

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

PREGADORES DA MODA


A moda é pregar A Palavra de Deus, confesso que nunca vi tantos pregadores de auditório como hoje, há uma leva de nomes de ministradores, entusiásticos, animadores de cultos que parece um renovo na Igreja, mas se olharmos bem vai notar que tudo fica no mesmo.
Pregar A Palavra de Deus sempre foi um compromisso, uma responsabilidade, algo que os pastores se preparavam durante a semana para trazer no domingo, uma palavra para a Igreja, durante anos pastores agiram desta forma, John Wesley, por exemplo, no século dezoito começa uma revolução na maneira de pregar, Martinho Lutero deseja conhecer as verdadeiras palavras de Paulo e não aceitou os erros da Igreja, Charles Finney, Dwight Lyman Moody; Moody humilde homem de Deus dedicou-se ao evangelho e Um total de quinhentas mil almas ganhas para Cristo, é o cálculo da colheita que Deus fez por intermédio de seu humilde servo. Moody nasceu em cinco de fevereiro de 1837, o sexto filho de nove, numa pobre família do Connecticut, EUA. Sua mãe ficou viúva com os filhos ainda pequenos, o mais velho tinha 12 e ela estava grávida de gêmeos quando o marido morreu. Sua mãe foi uma crente fiel e soube instruir seus filhos no Caminho.
Esses homens e outros mudaram a vida de muitas pessoas através do Evangelho deixaram sua marca que é e sempre foi à humildade e sempre exaltaram o verdadeiro sentido da pregação, ganhar almas para Jesus Cristo.
Os tempos passaram e a igreja volta a esquecer de sua sã doutrina, retorna aos velhos erros e vícios de tempos passados, sabemos que o ser humano gosta de coisas místicas e de mistérios, então hoje estamos lidando com uma classe de pessoas que brincam de inventar maneiras de receber bênçãos de Deus.
O copo com água, por exemplo, houve uma época que em todo programa de certa igreja na tevê o bispo ou pastor pedia para que os telespectadores deixassem um copo com água em cima do aparelho (isso deu o maior lucro para os técnicos em televisores da época) e faziam uma oração e no final diziam bebam o copo com água era um tipo de água ungida, orada, sei lá na verdade é criando artifícios para uma falsa fé.
Não podemos firmar nossa fé em nenhum objeto como copo d’água, rosa ungida, chave da vitória, cruz de madeira, lenço, toalhinha, sal grosso e tudo que criam para iludir o povo. Veja bem tudo que leva você a crer em algo que você veja, passa há não ser uma fé verdadeira, ela passa a ser uma fé natural e pior, hoje temos um grande número de pessoas que tem sua fé, na fé de outros. Na verdade nossa fé deve ser essa:
Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem (Hebreus 11:1).

O texto é de longe o mais limpo possível informando que nossa fé não pode ser firmada em coisas que se veem, cai por terra aqui os artifícios criados pelo homem. A fé genuína não precisa dessas bobagens, pois o firme fundamento, ou seja, o alicerce de nossa fé, é baseado em coisas que não vemos. Vamos um pouco mais longe agora – De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus (Romanos 10:17).
É exatamente aqui que eu gostaria de chegar, a fé é pelo ouvir a Palavra de Deus. Que coisa mais linda essa passagem, quer dizer que nossa fé vem de ouvirmos A Palavra. É claro que se não ouvir a genuína Palavra de Deus como ela é, vamos criar métodos para chegar à fé, mas não a fé verdadeira . Por isso hoje temos uma leva de crentes sem fé. Estão pregando outro evangelho o da facilidade do receba, do fique curado, da unção do anjo, do grito, mas que na verdade usam A Palavra de Deus erroneamente quando a pregam dessa forma.
Pregadores mercenários são esses que vende ao povo uma mensagem velha, que pregam a mesma coisa durante anos, repetido mensagens sem acrescentar nada, se compra um DVD de uma dessas  mensagens, você vai notar que é tipo um teatro da mesma maneira que ele pregou hoje, ou ministrou como queria. O DVD está igual até as caretas, os gestos, os gritos, a mesma palavra sem mudar exatamente nada, sabe do que eu chamo isso, de maná estragado.
Como então pergunto terão fé se a palavra que pregam não tem compromisso com a verdadeira Palavra de Deus, tanto é que os animadores de culto estão preocupados em ver A Igreja dar gloria a Deus e aleluia, eles agitam o povo de uma forma que quem não conhece pensa que A Igreja está recebendo alguma coisa, mas na verdade é agitação da carne, é vendendo sua pregação, sua imagem , seu DVD, sua conta bancaria, é isso que eles estão pensando.
Quando vão pregar a primeira coisa que eles anunciam é seu material (amados irmãos ao termino deste culto meu material estará exposto ali fora da igreja esse DVD aqui é fogo puro, quebrei tudo lá nessa igreja, a vitória de um vitorioso, esse outro como receber a vitória) e assim vai, é só vitória, é só bênção, e quando termina o culto as pessoas voltam para casa da mesma forma que chegaram à igreja, sabe como é que eu sei que uma pregação veio de Deus? Ela entra em minha mente e no meu coração, fica ali por semanas, meses, anos, pois ela acrescenta minha fé.
Procure ler A Palavra de Deus, orar, jejuar, e não apenas ir aos cultos do milagre, da vitória, ou da rosa ungida, mas firme sua fá na Palavra de Deus, tenha esse fundamento. Pois tenho certeza que assim sua casa não ruirá quando vir o dia mal como está escrito: Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda (Mateus 7:24-27).
Veja que Jesus mesmo no sermão diz todo àquele que, pois escuta as minhas Palavras e as pratica é um homem prudente, coisa que hoje não temos muitos em nossos meios, estão indo por vistas, por homens amantes de si mesmo, por esse motivo alerto a você que frequenta aonde A Igreja se reune como um clube social, você está edificando sua casa na areia, você está sem óleo na botija, seu nome não está no livro da vida, procure arrepender-se de todo seu coração e pratique as primeiras obras.

Pr. João Paim 

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

COMBUSTÍVEL PARA OS SONHOS

Quando José sonhou alcançar grandes coisas no Senhor seus irmãos ficaram revoltados. José era quem trazia ao pai as notícias dos malfeitos dos irmãos; foi a José, e não ao primogênito Judá, que o pai dera uma túnica especial; era José o primogênito da mulher a quem Jacó amava. A clara predileção do pai pelo filho mais novo já lhes era uma agressão, imagine a ideia de prostrarem-se diante do “sonhador”! Movidos por esta revolta o venderam como escravo ao Egito.
O sonho de José era profético, dado pelo próprio Deus, mas aparentemente só lhe trouxe sofrimentos: exclusão, perseguição e escravidão.
Mas as dores trazidas por ter revelado o seu sonho não abalou a fé de José. No Egito, como escravo, José trabalhou diligentemente e terminou conquistando graça ante os olhos do seu senhor, tornando-se o administrador de todos os bens da casa. Parecia que, apesar de todos os problemas, a sorte de José havia sido selada: ser escravo, mas senhor dos demais conservos. Tendo em vista o ponto em que ele estava quando chegou, já era um avanço em tanto.
Mas havia um plano de Deus para a vida de José. O problema era que o “plano de Deus” tornava sua vida cada vez mais difícil!
A mulher de Potifar viu o jovem vigoroso e belo e o desejou. Fez propostas, assediou-o. Naquele momento, aos olhos dos valores que regem este mundo, José estava com “a faca e o queijo nas mãos”. Bastava atender aos clamores de sua senhora, satisfazer-lhe os apetites e ele passaria a ser o verdadeiro senhor da casa, pois governaria os bens e a esposa do homem que julgava mantê-lo como escravo. Ceder era a coisa mais esperta a fazer.
Na nossa caminhada vemos muitas vezes situações como esta. Onde temos de optar entre agir conforme o que é mais “esperto” ou “sensato”, conforme os valores do mundo, ou agir conforme a fé que muitas vezes parece ilógica e potencialmente pode nos conduzir a uma situação aparentemente pior. Podemos ter que decidir entre confessar ou esconder; entre falar a verdade ou mentir; entre pedir perdão ou manter as aparências; entre andar conforme as coisas do mundo ou ser cristão.
José escolheu ser fiel a Deus. E o pior aconteceu. Por causa de sua fidelidade acabou indo para um lugar ainda mais terrível que a escravidão: a cadeia.
Muitos teriam se revoltado contra Deus, ou até esquecido sua fé. Afinal, foi o sonho dado por Deus que o fez escravo em uma terra estrangeira; foi a sua fidelidade a este mesmo Deus que o lançou na prisão. Até aqui em sua vida, tudo o que envolvia o Senhor trazia problemas para José. De filho predileto de um homem próspero ele passou a ser escravo em uma terra estrangeira e daí deu mais um salto para trás sendo jogado nas temíveis prisões egípcias.
Mas José manteve a fé e continuou confiando em Deus apesar de sua vida está indo de mal a pior por causa exatamente desta fé.
Na cadeia ele continuou com o bom ânimo que o caracterizava. Diligente e competente, conquistou a confiança do carcereiro e passou a administrar a prisão. Quando o padeiro e o copeiro de faraó tiveram sonhos que os inquietavam, antes de lhes dará a interpretação, José mais uma vez declarou sua fé: “É Deus quem dá a capacidade de interpretar sonhos”. O garoto rejeitado, perseguido, traído, injustiçado, não havia perdido a fé no seu Senhor!
O final da história já conhecemos: José se tornou governador do Egito e os sonhos de Deus se cumpriram na vida dele. Mas não sem antes passar pela prova das adversidades e manter-se fiel.
O irônico é que, pensando que estavam destruindo os sonhos de José, os seus irmãos terminaram contribuindo para que o projeto de Deus terminasse se realizando.
Mesmo em todo o seu sofrimento a Bíblia reiteradamente nos diz que Deus era com ele. Mesmo traído por seus irmãos, mesmo debaixo da escravidão, da calunia, da perseguição e da prisão, em todas estas coisas Deus estava com ele. Assim como Deus está com você não importando as circunstâncias, mesmo quando aparentemente Ele não está. Você também tem sonhos de Deus em sua vida!
Talvez, assim como foi com José, você sofra com perseguições, calunias e opressão, mas Deus quer que você não desista e permaneça fiel a Ele. Se permanecer firme no Senhor, você verá que aquilo que hoje parece ser caminho de fracasso será usado por Deus como instrumento para que os planos Dele, que nunca são frustrados, se cumpram em sua vida e verá na prática que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus” (Romanos 8:28)
A sua fidelidade é o combustível que alimenta os sonhos do Senhor.
 Pr. Denilson Torres

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

ESCOLA DE PROFETAS


Deus treina seus líderes mais importantes na e escola do deserto. Moisés, Elias e Paulo foram treinados por Deus no deserto. O próprio Jesus antes de iniciar o seu ministério passou quarenta dias no deserto. O deserto não é um acidente de percurso, mas uma agenda de Deus, a escola de Deus. É o próprio Deus quem nos matricula na escola do deserto. O deserto é a escola superior do Espírito Santo, onde Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós. Deus nos leva para essa escola não para nos exaltar, mas para nos humilhar. Essa é a escola do quebrantamento, onde todos os holofotes da fama se apagam e passamos a depender total e exclusivamente da graça de Deus e da provisão de Deus e não dos nossos próprios recursos. Destacaremos, aqui, três verdades importantes:
1. Na escola do deserto aprendemos que Deus está mais interessado em quem somos do que naquilo que fazemos; 

Deus nos leva para o deserto para falar-nos ao coração. No deserto ele nos humilha não para nos destruir, mas para nos restaurar. No deserto, Deus trabalha em nós antes de trabalhar através de nós, provando que ele está mais interessado em nossa vida do que em nosso trabalho. Vida com Deus precede trabalho para Deus. Motivação é mais importante do que realização. Nossa maior prioridade não é fazer a obra de Deus, mas ter intimidade com o Deus da obra. O Deus da obra é mais importante do que a obra de Deus. Quando Jesus chamou os doze apóstolos, designou-os para estarem com ele; só então, os enviou a pregar.

2. Na escola do deserto aprendemos a depender mais do provedor do que da provisão. 
Quando o profeta Elias foi arrancado do palácio do rei e enviado para o deserto, ele deveria beber da fonte de Querite e ser alimentado pelos corvos. Naquele esconderijo no deserto, o profeta deveria depender do provedor mais do que da provisão. Deus o sustentaria ou ele pereceria.
Deus nos leva para o deserto para nos mostrar que dependemos mais dos seus recursos do que dos nossos próprios recursos. É fácil depender da provisão quando nós a temos e a administramos. Mas na escola do deserto aprendemos que nosso sustento vem do provedor e não da provisão. Quando nossa provisão acaba, Deus sabe onde estamos, para onde devemos ir e o que devemos fazer. A nossa fonte pode secar, mas o manancial de Deus jamais deixa de jorrar. Os nossos recursos podem escassear, mas os celeiros de Deus continuam abarrotados. Nessas horas precisamos aprender a depender do provedor mais do que da provisão.
3. Na escola do deserto aprendemos que o treinamento de Deus tem o propósito de nos capacitar para uma grande obra. 
Todas as pessoas que foram treinadas por Deus no deserto foram grandemente usadas por Deus. Quanto mais intenso é o treinamento, mais podemos ser instrumentalizados pelo Altíssimo. Porque Moisés foi treinado por Deus quarenta anos no deserto, pôde libertar Israel da escravidão e guiar esse povo rumo à terra prometida. Porque Elias foi graduado na escola do deserto pôde enfrentar, com galhardia, a fúria do ímpio rei Acabe e trazer de volta a nação apóstata para a presença de Deus. Porque Paulo passou três anos no deserto da Arábia, ele foi preparado por Deus para ser o maior líder do Cristianismo.
Quando Deus nos leva para o deserto é para nos equipar e depois nos usar com graça e poder em sua obra. Deus não desperdiça sofrimento na vida dos seus filhos. Ele os treina na escola do deserto e depois os usa com grande poder na sua obra.
Não precisamos ter medo do deserto, se aquele que nos leva para essa escola está no comando desse treinamento. O programa do deserto é intenso. O curso é muito puxado. Mas, aqueles que se graduam nessa escola são instrumentalizados e grandemente usados por Deus!
Pr. Hernandes Dias Lopes

domingo, 19 de janeiro de 2014

CRISE DE INTEGRIDADE

"Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente."  (Romanos 12:2).
Vivemos num mundo de comprometimentos, em uma sociedade que abandonou os padrões morais e os princípios cristãos em troca de oportunismo ou pragmatismo. Esse pragmatismo tem em sua essência a conquista de objetivos por quaisquer meios e sua perspectiva é centrada no indivíduo. “Se funciona para você, vá em frente”. 

As pessoas aprendem a mentir, enganar, roubar e mascarar a verdade, enfim, fazer qualquer coisa para conseguir o que desejam, não importam os meios. Essa filosofia e a prática do comprometimento já invadiram até  mesmo a  Igreja. 

Muitas igrejas estão buscando maneiras de apresentar um “evangelho” isento de qualquer ofensa, mesmo conscientes de que a própria natureza do evangelho é ofensiva por confrontar o pecador com o pecado. Estão oferecendo uma versão debilitada do evangelho, incapaz de transformar vidas e operar mudanças nos indivíduos.


O mundo é sedutor. Procura atrair nossa atenção e devoção. Permanece bem próximo e ao nosso alcance, bem visível e atraente, de tal forma  que ofusca nossa visão do céu. Aquilo que vemos luta para conseguir nossa atenção. Atrai nossos olhos, se não estivermos olhando para uma pátria superior, cujo arquiteto e construtor é Deus. O mundo nos agrada – na maior parte do tempo – e, assim, frequentemente, vivemos para agradá-lo. E é aqui que ocorrem os conflitos, pois agradar o mundo raramente se harmoniza com agradar a Deus.  

A vocação  divina que recebemos é esta: “não vos conformeis com este mundo” (Romanos 12:2). O mundo, porém, nos quer como seus sócios. Somos induzidos a participar de sua plenitude. Ele nos pressiona como a última técnica de pressão dos nossos pares.

                                                                       (Wheaton, IL: Tyndale House, 1988, 59).
                                                                                             
A igreja de hoje tem falta de homens que adotem padrões que não possam ser comprometidos. Muitos dos chamados cristãos  orgulham-se dos seus padrões morais e  gloriam-se do seu caráter justo, mas abandonam suas convicções quando comprometer-se é mais fácil e mais lucrativo. Talvez você reconheça um ou mais dos seguintes exemplos: pessoas dizem crer na Bíblia, mas frequentam igreja em que a Bíblia não é ensinada; pessoas concordam em que o pecado tem de ser punido, porém, não se esses pecados forem cometidos por crianças; pessoas opõem-se à desonestidade e à corrupção até que sejam confrontados por seus chefes e corram o risco de perder o emprego; pessoas sustentam altos valores morais até que sua luxúria seja estimulada por uma relação antibíblica; pessoas são honestas até que uma pequena desonestidade lhes renda algum dinheiro; pessoas mantem uma convicção até serem desafiadas por alguém a quem admiram ou temem. 
O verdadeiro ponto do comprometimento é a rejeição da palavra de Deus, que desenvolve uma rebelião contra o Criador e promove o eu como autoridade final.


Igrejas há  que um dia já foram evangélicas, em que a Bíblia era o padrão divino de fé e prática, mas hoje a palavra de Deus está comprometida. Em muitas dessas igrejas, males que Deus repetidamente condena, não somente são promovidos, como são aceitáveis. O compromisso com a verdade bíblica é desprezado. Onde está o problema? Sem dúvida, a falta reside, primariamente, na liderança, naqueles que tem a responsabilidade de ensinar, guiar e proteger o povo de Deus. Muita vezes, porém, a culpa é também do povo, pois incorrem no erro de seguir cegamente qualquer liderança. 


Aqueles que são edificados e fortalecidos na palavra de Deus são aptos para distinguir a verdade do erro e, assim, tem o direito de estar certos de que seus líderes preencham os padrões das Escrituras. Cada igreja tem a responsabilidade de guardar firmemente a verdade da palavra de Deus. A Igreja não inventa a verdade, e não a pode alterar, sob pena de juízo. Deus confiou à igreja a guarda da escritura, e seu dever é manter e salvaguardar a palavra como o mais precioso bem na terra. 

As igrejas que lidam impropriamente com a palavra, abandonaram a verdade bíblica e experimentarão o juízo de Deus. A construção de uma vida íntegra e sem comprometimentos pode ser somente conquistada por aqueles que se apegam à Palavra de Deus como única fonte de autoridade e conduta. 
FONTE: Pr. Araripe Gurgel 
Igreja Cristã da Trindade

sábado, 18 de janeiro de 2014

E SE O FRUTO NÃO PERMANECER?


para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça” Jo 15.16. Há cerca de dois anos venho lutando contra um dos sofismas surgido na igreja evangélica chamado: apostasia. Sei que existe apostasia e que nos últimos dias ela tende a se intensificar, mas o que temos visto em muitos lugares nos dias de hoje é uma completa falta de compromisso dos líderes com suas ovelhas, alegando qualquer causa como apóstata, apenas para se eximirem da responsabilidade do cuidado.

Se um irmão começa a faltar ao culto é apóstata. Se outro se sente enfraquecido na fé é apóstata também. Não se dão mais ao trabalho de irem atrás da ovelha perdida, porque afinal, cuidar dá muito trabalho.

Quero definir aqui, na minha humilde opinião, o que considero ser apostasia e como ela deve ser tratada nos dias de hoje:

uma ovelha se ausenta do rebanho. O pastor vai atrás, ora, jejua, conversa, aconselha, liga, insiste, visita. Se esgotado todos os métodos e forças para a salvação desta e visto que realmente ela deixou de crer, então o pastor quando aos pés do Senhor lhe pergunta: “Pai, onde eu errei?” Calmamente o Senhor lhe responde: “filho não erraste, ela preferiu o mundo a mim !”

Apostasia é a palavra que o Senhor inventou para acalentar o coração de um pastor que fez de tudo pela sua ovelha e esta optou por não voltar ao aprisco. Mas não é isto que temos visto por aí. Já vi o absurdo de líderes dizerem que não vão atrás de membros porque se quis sair da igreja é problema dele e sequer um telefonema ser dado. Isso não é apostasia, isso é não querer ter trabalho com pessoas.

Cuidar da trabalho!

Uma igreja que não gera filhos espirituais é porque não tem pais espirituais. Fico preocupado quando vejo uma igreja onde não há conversão e quando esta acontece não existe um acompanhamento dos novos membros. Se nós que somos antigos na igreja muitas vezes precisamos de cuidados, imagina um bebê espiritual, recém convertido. Ele não sabe fazer nada além de chorar. Os bebês choram, reclamam, levam tombos, isso faz parte do crescimento. Como pais espirituais devemos zelar para que o nosso fruto permaneça.

Nesta semana ouvi uma das orações mais bonitas da minha vida. Um pastor foi ao altar da igreja e ao clamar a Deus pelos perdidos, pediu perdão por todos aqueles que passaram pela igreja e que por algum motivo saíram e ele não foi atrás para trazer de volta. Isso me emocionou! Esse pastor entendeu o sentido de paternidade espiritual. Ele criará o rebanho como filhos e, estes ao se tornarem adultos gerarão mais filhos saudáveis que continuarão o ciclo.

Para que o fruto permaneça.

Levar uma pessoas a Jesus exige esforço, mas muito mais esforço e dedicação se faz necessário ao caminhar com ela até o dia em que ela puder caminhar sozinha. Não use a apostasia para justificar sua preguiça em trabalhar para o Reino, antes volte para Jesus, seja filho dEle e aprenda com Ele a gerar filhos e filhos que permaneçam.

Na paz d´Aquele que nos ensinou o caminho do cuidado e do amor,

Pr. Felipe Heiderich
www.felipeheiderich.com

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

TÁ AMARRADO!!!

Para uma meditação.

Tenho ouvido críticas a respeito da expressão “está amarrado”, usada pelos pentecostais em suas palavras de ordem contra o Diabo e seus demônios. Dizem que um espírito não pode ser amarrado; que amarram-no com um nó bastante frouxo que não consegue segurá-lo, etc.

Se levarmos em conta a interpretação literal do verbo “amarrar”, é evidente que a expressão é mal usada com relação às hostes da maldade. O Diabo e seus anjos decaídos são seres espirituais e como tal não podem ser literalmente amarrados ou guardados num cofre, ainda que hermeticamente fechado.

O verbo `amarrar´ tem significados vários em nossa língua. Segundo o Aurélio, usa-se também com o sentido de “opor obstáculos a”; “dificultar”; “estorvar”; “entravar”; “sujeitar”. Compreende-se, pois, que a palavra de ordem que “amarra” Satanás intenta pôr tropeços, pôr freios à sua ação maldosa; objetiva dificultar seus intentos malignos.

Ao ouvir o “está amarrado, em nome de Jesus”, o Diabo é atingido por uma granada de efeito devastador. Não para exterminá-lo ou amarrá-lo, mas para colocar por terra suas obras e impedir seus avanços. O pior é não dizer nada e não expulsar demônios. O Diabo adora uma igreja que não mexe com ele. Jesus corrobora esse raciocínio. Referindo-se a Satanás, o valente, Ele declarou:

“Ou, como pode alguém entrar em casa do homem valente, e furtar os seus bens, se primeiro não maniatar o valente, saqueando então a sua casa” (Mt 12.29).

O verbo `maniatar´ é usado com o sentido de “atar mãos de”; “impedir os movimentos de”; “privar da liberdade”; “subjugar, prender, ligar, amarrar”. Portanto, Jesus ensinou que Satanás precisa ser amarrado em suas más intenções, manietado, subjugado.

“De joelhos e mãos para trás, em nome de Jesus” – Os endemoniados recebem essa ordem e ficam literalmente amarrados em suas pretensões de dar um show no ambiente. Ficam quietos, mansos e obedientes.

À vista do exposto, não considero que o `está amarrado´ seja uma expressão completamente fora do contexto bíblico e sem nenhum efeito prático.

DEUS ABENÇOE.
 
FONTE: enviado por e-mail by Pb. Paulo Leonel em 2011.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

CONFORMADOS OU TRANSFORMADOS?


Texto: Romanos 12:2

Introdução:

Dois itens que medem a temperatura:

A. Termômetro
1. Ele mede a temperatura do corpo
2. É normalmente utilizado para verificar se uma pessoa tem febre ou não.
3. Embora ele leia a temperatura do corpo, não pode alterá-la.

B. Termóstato
1. Ele mede a temperatura da casa
2. Ele também tem a capacidade de alterar a temperatura da casa
C. Os cristãos podem ser classificados em dois grupos - os cristãos Termômetros e os cristãos Termostatos.

I. Os cristãos Termômetros.

A. Eles são chamados de cristãos nominais. Eles são cristãos apenas de nome.

B. Disposição mental e psicológica - Eles estão sempre dependentes do ambiente em que estão expostos.
1. Se as pessoas ao seu redor estão felizes, eles estão felizes.
2. Se as pessoas à sua volta estão tristes, eles também são tristes.
3. Se as pessoas ao seu redor estão animadas com a evangelização, eles também são animados.
4. Se as pessoas ao seu redor se sentirem péssima, eles também se tornam péssimas.

C. Crenças - Eles servem apenas como espelhos das ideias e conceitos dos outros.
1. Se as pessoas ao seu redor dizem que os Dez Mandamentos não são para os dias atuais, eles acreditam.
2. Se as pessoas ao seu redor dizem que milagres é coisa do passado, eles aceitam.
3. Se as pessoas ao redor dizem que você pode beber o que quiser, eles bebem tudo o que encontram.
4. Se as pessoas ao seu redor dizem que igreja não é importante ou o casamento não é importante, o que importa é como você ama o Senhor e ama uns aos outros, então é bom o suficiente para eles.

D. Compromisso
1. Cristãos Termômetros são menos comprometidos com o trabalho da igreja.
2. Eles tentam negociar com o mínimo, tanto quanto possível.

E. Estilo de Vida
1. Seu guarda-roupa está cheio de roupas diferentes.
2. Eles têm roupas diferentes para ocasiões diferentes.
3. Eles se perdem facilmente entre a multidão. Eles podem facilmente se misturar de acordo com a situação.

II. Cristãos termostatos

A. Eles não são cristãos apenas de nome, mas também de obras. “Pois a fé sem obra é morta” Tiago 2:17

B. Disposição mental e psicológica - Em vez de ser dependente de seu ambiente, eles tentam alterar o seu ambiente.

C. Crenças - Eles são como os bereanos, que não só receberam a mensagem com grande avidez, mas também examinavam as Escrituras todos os dias para ver se o que tem sido dada a eles era, segundo a Bíblia. Atos 17:11

D. Compromisso - Eles são os únicos que andam uma milha extra para a igreja. Eles são os que acordam cedo pela manhã para abrir a igreja, e saem por último para se certificar de que tudo está em ordem.

E. Estilo de vida - Eles são os únicos que se destacam entre a multidão. Você não precisa ter uma Acuidade visual 20/20 para reconhecê-los. Eles são consistentes em todos os sentidos.

F. Outras características:
1. Os cristãos termostatos não se chamam Martinho Lutero, mas defendem sua fé como Martinho Lutero.
2. Eles não têm a capacidade teológica de John Wesley, mas eles certamente sabem o que acreditam e o que a Bíblia ensina.
3. Eles não têm a capacidade de pregar de Dwight Moody e Spurgeon, mas você pode ver a luz em suas vidas.
4. Quando oram, não oram como o fariseu, mas oram como o cobrador de impostos, no entanto, Deus é capaz de ouvir suas orações.
5. Quando eles dão, dão como aquela viúva que veio ao templo com suas duas moedas, mas eles dão com todo o coração.

III. A maior necessidade do mundo.

A. A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que não podem ser comprados ou vendidos, homens que em sua mais profunda alma sejam verdadeiros e honestos, homens que não temam chamar o pecado pelo nome exato; homens cuja consciência está tão fiel ao dever como a bússola ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo direito ainda que caia os céus.

B."Grandes multidões o acompanhavam, e ele, voltando-se, lhes disse: Se alguém vem a mim e não aborrece a seu pai, e mãe, e mulher, e filhos, e irmãos, e irmãs e ainda a sua própria vida, não pode ser meu discípulo. E qualquer que não tomar a sua cruz e vier após mim não pode ser meu discípulo” Lucas 14: 25-27 

IV. Como se tornar um cristão termostato?

A. Ter a mente de Jesus
1. Transformai-vos pela renovação da vossa mente - Romana 12:2
a. Como? Filipenses 2:5 "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,"
b. Mateus 12:34: "Raça de víboras, como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração”

B. Ter a atitude de Cristo - Filipenses 2:6-8, 1 Pedro 2:21
1. Tomou a natureza de um servo
2. Ele se humilhou
3. Obediente até à morte - até mesmo a morte na cruz

C. Exemplo de Cristo - 1 Pedro 2:21
1. 1 Pedro 2:21: "Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos,"
2. Ser semelhante a Cristo
3. 2 Coríntios 3:18: "E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito"

D. Unidade em Cristo - Efésios 4:3-6, 14
1. Unidade não significa conformidade

E. Destino de Cristo - Filipenses 2:9-11
1. Exaltação
2. Nome acima de todos os nomes
3. Todo joelho se dobrará
4. Toda língua confessará

Conclusão:

Doze homens mudaram o mundo. eram homens simples, capacitados pelo Espírito Santo, que viraram o mundo de cabeça para baixo. Eles não eram os cristãos termômetros, eram cristãos termostato.

Pr. Aldenir Araújo

QUEM SOU EU

QUEM SOU EU
Marcelo Raineri, 48 anos, por misericórdia do Altíssimo, Evangelista na Casa do Senhor; Servo comprometido com a Palavra de Deus, em equilibrio com o consolador deixado por Cristo. Não tenho rabo preso com ninguém, além de Cristo. Tenho buscado dia após dia colocar em prática seus ensinamentos e suas diretrizes. Cristão sim, perfeito não, desde 15/10/1999. Legalista jamais! Ministro da sua Palavra e Levita na Casa do Senhor; Levado por Deus aonde quer que Ele coloque a planta dos meus pés para ministração da sua Poderosa Palavra. Bajular, puxar o saco, tolerar o pecado, buscar o reconhecimento humano, não faz parte do nosso caráter e nem ministério. Casado letigiosamente e religiosamente a 9 anos com a Diaconisa Vânia Raineri, pai de filhos incriveis. Eu e minha familia servimos ao Senhor Jesus; Amando esse novo momento com a nossa caçulinha Isabel Raineri. Tenho a convicção de que nada e nem niguém pode esconder você de Deus; nada e nem ninguém pode calar a sua adoradoração; nada e nem ninguém pode apagar a lâmpada de Israel que habita em meu ser; nada e nem ninguém pode derrubar aquele que Deus escolheu pra vencer. Obrigado Jesus, que eu diminua dia após dia, pra que o Senhor cresça em mim. Um forte trabalho evangelistico "CAPELÂNIA NO LAR" Projeto Familia é tudo - Bíblia é vida".

RELAXA - MULATARIA LESTE

ALTERNATIVA - MULATARIA LESTE

N.S.R - VOZES PELA IGUALDADE

N.S.R - VIRADA EDUCACIONAL

N.S.R - PORQUE EU TE AMEI

N.S.R. - DE FORMA LOUCA

JESUS O PLANO PERFEITO

MEU MILAGRE by Ingrid Gabriele Raineri

MINHA RAINHA

MINHA RAINHA
Sem palavras! Da morte para vida, e vida com abundância. Namorada, noiva, esposa, amante, mulher. Minha herança, bênção de Deus na minha vida. Caminhando para o oitavo ano de amor, respeito, paixão, compreensão, brigas, perdão. Hoje com mais uma das surpresas de Deus. Após 7 anos casados legalmente como o povo gosta de saber, cartório, igreja, estamos a beira de mais uma dadiva de Deus em nossas vidas. Isabel Raineri. A caçulinha da Familia Raineri. Obrigado meu Deus, valeu Jesus, quebrou tudo Espírito Santo. Vai ser mais que demais. Te amo Neguinha hoje e sempre. Rumo a eternidade. Choramos, sofremos, cultuamos, louvamos, clamamos, adoramos, VALEU A PENA!!! Oh glórias!!!

FAMILIA LIMA

FAMILIA LIMA
Obrigado Deus!!! Amigos eternos, Família abençoada que amam a Deus. Uma benção de Deus em nossas vidas. Uma amizade que veio dos céus, passou por Maceió, e agora cresce em Sampa. Em tão pouco tempo conseguiram conquistar e firmar em nossos corações uma profundidade que não tem preço e não há quem bloqueie ou corte em nome de Jesus. Um presente de Deus em nossas vidas. Deus abençoe hoje e sempre. Família é tudo. E vocês são carne da nossa carne. Amamos vocês hoje e eternamente. A cada ano que passa a união se fortalece. mais que demais. Amamos vocês. Falo ureias... Kkkkkkkk.

FAMILIA PEREIRA

FAMILIA PEREIRA
"O amor de Deus, quando vivenciado pelos seus filhos, supera todo e qualquer desafio. Meus amados vocês são escolhidos de Deus. Que Deus continue abençoando a nossa amizade, o casamento de vocês e essa amada familia. Amamos está vocês hoje e sempre. Que a Paz do Senhor Jesus seja constante na vida de vocês. Bíblia na Cabeça, Rumo a eternidade.

FAMILI ASSIS

FAMILI ASSIS
Familia linda!!! Sem palavras. Uma familia compromissada com Deus. Pastor Calveth, continue firme nessa Caminhada e nesse exemplo de vida. O que falar de Maisa, Agatha, Daniel e Gabriel... Vocês são demais. Um grande abraço. Um privilégio te-los conhecido e fazer parte deste convivio. Oh glórias!!!

FAMILIA RAMAZZOTTI

FAMILIA RAMAZZOTTI
Meus amados irmãos e amigos em Cristo. Obrigado pelo temor que vocês tem por Deus. Que felicidade ve-los felizes por viverem em comunhão com o Espirito de Deus. Vivenciar as grandes coisas que Deus tem feito na vida de vocês, encheu-me alegria. Vocês sempre foram e serão eternamente amigos de Deus e da Familia Raineri também. Vocês fizeram parte desta nova fase de minha vida, novamente se mostraram verdadeiros amigos. A graça de Deus resplandece em vossas faces. A àlegria do Espirito, transfigura-se em vocês. A Paz de Cristo que excede todo entendimento repousa sobre vocês e isso é de Deus. Graça e paz seja com vocês hoje e sempre. Obrigado pelo livro, foi um presente de Deus e sei que vai me ensinar muito. Um grande abraço.

FAMILIA MENEGHINI

FAMILIA MENEGHINI
Sem palavras! A amizade e a intimidade que vocês tem com Deus é sobrenatural. Vendo numa dessas madrugadas a Regina aconselhando a Vânia, as duas falando do amor de Deus sobre a vida de nossos filhos, demais, demais. Rodrigo sem palavras, sua servidão, hospitalidade, zelo pela familia, amizade e o cuidado que você tem com os filhos, coisa linda de se ver hoje em dia. Parabéns! obrigado pelo amor e carinho que vocês tem por nós. Um grande beijo no coração de vocês.

FAMILIA GROSS

FAMILIA GROSS
Nos conhecemos a tão pouco tempo, mas a alegria de te-los em nossa linha do tempo já grande. A humildade, a sinceridade, o zelo, a Kisha... Valeu galera vocês são demais!

FAMILIA LEONEL

FAMILIA LEONEL
Familia abençoada. Passamos por momentos dificeis, pessoas caluniaram, apontaram, mas a amizede ainda é verdadeira. Deus abençoe hoje e sempre. A ultima palavra quem dá ainda é Deus. Beijo no coração de vocês. Obrigado pela amizade.

FAMILIA IGNÁCIO

FAMILIA IGNÁCIO
Pr. Alexandre e Pra. Renata, bênção de Deus. Sem palavras. Homem e mulher de Deus que se derramam para pastorearem o rebanho ao qual Deus colocou sob vossas responsabilidades. Poá jamais será a mesma. Deus abençoe hoje e sempre.

FAMILIA PAULINHO E NEUSA

FAMILIA PAULINHO E NEUSA
Meus amados irmãos em Cristo. Que Deus continue abençoando o casamento de vocês. Que o louvor seja sempre exaltado pelos vossos lábios. E que o Ministério de louvor infantil continue prosperando com a dedicação de vocês. Um grande abraço.

FAMILIA SUELI PAULA

FAMILIA SUELI PAULA
Minha amada irmã em Cristo. Deus lhe abençoou com sua voz. O louvor exaltado por seus lábios gera salvação. Deus inclina seus olhos para terra, quando você está ministrando o louvor. Grato sou a Ele pela sua vida. E continue perseverando, e seu sonho se realizará, para honra e glória do nosso Deus. Um grande abraço.

FAMILIA ICC SÓ JESUS SALVA

FAMILIA ICC SÓ JESUS SALVA
Sem palavras Pr. Charles Daniel e Missionária Renata Santos. Vocês são sal da terra e luz do mundo. Que Deus continue abençoando vossas vidas, casamento e ministério. Tamojunto rumo a eternidade. Abraços.

FAMILIA ASSEMBLEIA DE DEUS PRA. WALDECY

FAMILIA ASSEMBLEIA DE DEUS PRA. WALDECY

FAMILIA JILENO E MARILDA

FAMILIA JILENO E MARILDA
Eita Deus tremendo. Familia abençoada abençoada e amada por Deus. Uma decisão um casamento, duas decisões, dois casamentos. Deus abriu os céus e vocês tomaram posse da vitória. É uma honra e um privilégio ser padrinhos de Pai e Mãe, e filho e filha. Coisa linda. Somos uma grande familia. Deus abençoe hoje e sempre. Amamos vocês.

FAMILIA SOUZA

FAMILIA SOUZA
Homem de Deus. Um discipulador fora do comum, Homem que me ensinou o que humildade no ouvir e sabedoria no falar. Sem palavras. Familia linda e sábia. Verde sempre verde. Deus abençoe hoje e sempre.

FABINHO E CAROL

FABINHO E CAROL
Que Deus continue abençoando e fazendo prosperar esse relacionamento até a grande data. Amamos vocês, continuem firmes ainda mais agora unidos espiritualmente. Beijo no coração. Família Raineri.

FAMILIA ALDO E VERA

FAMILIA ALDO E VERA
Meu amado a queda faz parte da vida de todos nós. Mas o levantar vem de Deus. Que alegria ver essa familia feliz outra vez. Não perca a fé, é isso ai, continue perseverando. Porque o milagre de Deus na sua vida já é notorio no olhar feliz de vocês. Que Deus na sua magnitude, continue abençoando a vida de vocês.

FAMILIA MARCELINO E MARISA

FAMILIA MARCELINO E MARISA
Trinta anos de superação e desafios da vida a dois. Onde Deus tem suprido e transformado cada adversidade. Glórias a Deus pela vida de vocês e que Ele continue abençoando o relacionamento de vocês.

FAMILIA EDSON LUIS E ROSANA

FAMILIA EDSON LUIS E ROSANA
Meu amado amigo e irmão em Cristo. Que alegria poder participar do crescimento de vocês. Que Deus continue derramando sobre vocês uma chuva eterna de bençãos. Amamos muito vocês. Que a conquista da casa no Litoral, seja para honra e glória de Deus. Que esse instrumento sirva para salvar muitas almas para Jesus. Um grande abraço.

FAMILIA EDJÂNIO E GRAÇA

FAMILIA EDJÂNIO E GRAÇA
Meus amados amigos, em setembro de 2008, vocês também foram agentes transformadores nas mãos de Deus em minha vida. Deus os usou para levar-me até a casa de vocês, na época na Cohab Juscelino, e quando mostraram-me o DVD do Irmão Lázaro em meio a um excelente almoço, as lagrimas caíram e Deus mais uma vez constrangeu meu coração com o seu imenso amor e sua imensa misericórdia. Amor esse, que também foi representado pela verdadeira amizade de vocês. Que Deus continue abençoando a vida de vocês.

FAMILIA WANDO E ODETE

FAMILIA WANDO E ODETE
Meu amado, que Deus continue abençoando a sua família. É uma alegria para nós vê-los com o coração de querer buscar agradar a Deus. Não deixe nada e nem ninguém roubar a fé de vocês, continuem perseverando, Deus ama muito vocês. No tempo favorável Deus irá atender todos os vossos anseios.

FAMILIA PEDRO E GISELE

FAMILIA PEDRO E GISELE
Meus amados, é uma alegria estarmos nos conhecendo melhor. Que Deus continue abençoando grandemente a familia de vocês. Um grande abraço.

FAMILIA JULIO E PITA

FAMILIA JULIO E PITA
Pita, minha amada irmã em Cristo. A CUT foi muito importante para minha vida profissional. E você de um simples digitador, fez-me coordenador de cinco equipes de digitação. Obrigado pela confiança, pela mansidão em ensinar, pela virtude da vida. Jamais esquecerei daquele final de ano que fomos para o sitio. Toda familia da Igreja + a Familia Campanha, foi demais. Todos os irmãos que me encontram, dizem que foi o melhor final de ano que passaram em suas vidas, eu posso dizer o mesmo. Que nosso amado Deus, continue abençoando a vossa vida, seu casamento e sua familia.

FAMILIA FAUSTO

FAMILIA FAUSTO
Meu amado irmão em Cristo. Você foi um dos pilares em minha amizade com Deus no inicio de minha caminhada cristã. Você ensinou-me a ter dominio próprio. Ensinou-me a esperar em Deus. Abriu o meu entendimento para uma comunhão afetiva com Deus. Deus continue abençoando você e a sua familia. Quando vinte dois irmãos denegriam a minha imagem e tentavam enterrar a minha fé, você foi o unico que me apoiou e enxergou a verdade na minha vida. E Deus foi exaltado naquela época com todos irmão vindo cabisbaixo pedir o perdão. Você teve visão pela minha vida e em nenhum momento deixou se levar pelo meu passado, morto e enterrado. Obrigado varão, você é um verdadeiro homem de Deus. E a sua atitude jamais será esquecida. Um grande abraço.

FAMILIA RAFA E JOSI

FAMILIA RAFA E JOSI
Meu amado irmão, vocês são bençãos de Deus em nossa Familia. É uma alegria tê-los como amigos. É nitido ver a transformação de vocês diariamente. E sabemos que Deus está contemplando o chamado Dele em suas vidas. Foi tremendo ver o poder de Deus no Casamento de vocês que se realizou neste ultimo dia 07/07/11. Que Deus continue abençoando a vida de vocês. Contem sempre conosco, um grande abraço. Mais um casamento realizado para glória de nosso Deus.

FAMILIA JAILSON E NOELLE

FAMILIA JAILSON E NOELLE
Meus amados irmãos em Cristo. Que Deus abençoe ricamente a vida de vocês. Que uma chuva de bençãos não pare de cair sobre a familia que vocês irão formar. E que o nome de Deus seja sempre glorificado pelo testemunho de vocês.

FAMILIA LUCIANO E SÔNIA

FAMILIA LUCIANO E SÔNIA
Meus amados, irmãos. Vocês são amados do Senhor. Que alegria termos a oportunidade de conhece-los. Que nossa amizade possa prosperar até o arrebatamento da Igreja. Deus abençoe a vida de vocês. Um forte abraço.

FAMILIA LIDIO E CELI

FAMILIA LIDIO E CELI
Uma familia feliz. É o que vemos nesta foto. Que alegria meu irmão sentir a sua felicidade. Lembro dos tempos de oração, os bate-papo na sua casa. E na época que eram apenas voce e a Celi. Deus é incrivel e hoje vemos esta incrivel familia. Um forte abraço meu irmão.

FAMILIA FABIO TAVARES E LILIAN

FAMILIA FABIO TAVARES E LILIAN
Tenho certeza que Deus se alegra e muito cada vez que Ele usa os vossos lábios e vossas cordas vocais para proclamarem todo louvor e adoração a qual somente Deus é digno de receber. Vocês são levitas do Senhor numa época onde muitos já perderam a fé. Mas Deus através do louvor, tem restaurado vidas e transformado relacionamentos, e vocês tem sido agentes de Deus usado para o bem daqueles que ouvem vocês. Obrigado amados irmãos. Que Deus continue abençoando e derrando sobre vocês toda a unção do Espirito para continuarem a frente deste Ministério.

FAMILIA ANTONIO E ELI

FAMILIA ANTONIO E ELI
Meus queridos irmãos em Cristo. Que Deus continue fazendo prosperar o casamento de vocês. E que Ele atue em vossas adversidades sempre. Um grande abraço.

FAMILIA LUCIANO E GREACE

FAMILIA LUCIANO E GREACE
Meus queridos, que bom testificar o amor de Deus sobre a vida de vocês. A responsabilidade, a dedicação, a fidelidade, e a lealdade ao Senhor, são marcas que vocês exalam por onde passam. Obrigado pelo amor de vocês por Deus. Continuem nessa Caminhada com Jesus. Um grande abraço.